2ª Oficina de Arpilleras no Arquivo Nacional (RJ)

No período da tarde do dia 31/05, preparamos uma oficina que devia ter 15 mulheres de um Centro de Referencia da Rocinha. Esta oficina foi organizada pela Prefeitura do Rio de Janeiro. No entanto, das 15 mulheres que estavam inscritas, somente vieram seis. Este pequeno grupo foi dividido em duas mesas de trabalho e o produto deste trabalho foi a confecção de duas  Arpilleras.

Como sempre fazemos, antes do inicio do trabalho nas mesas, realizamos uma visita guiada que despertou interesse não somente do grupo das seis mulheres da Rocinha, mas também dos demais visitantes.Como resultado desta visita guiada, tivemos a participação de dois homens e de uma pesquisadora do Arquivo Nacional que se incorporaram aos dois subgrupos formados.

Na ocasião, as Arpilleras produzidas foram:

1- Desastre de Teresópolis em 2011 – onde se bordaram os morros cheios de lama, carros cobertos por pedras , pessoas  boiando no rio e casas submersas na lama e no lodo.

2- A comunidade no RJ.- onde se expressaram as cores vibrantes  das casas, balões, o mar e a praia cheia de turistas.

Anúncios
Esse post foi publicado em Rio de Janeiro. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s